terça-feira, 12 de junho de 2012

Mil folhas de frutos vermelhos com curd de limão

Em meados de Março descobri que dava na sic radical um programa do Gordon Ramsay- The F word - e fiquei fã, tenho vários episódios gravados na box do meo e ainda me falta acabar de ver a quinta temporada. O meu fascínio é tanto por este programa que até quando fui de férias deixei programado para gravar. Todas as receitas que Ramsay apresenta são de confeção fácil e rápida, mas esta deixou-me a salivar e com muita vontade de a fazer. Quando a decidi fazer já não sabia em que temporada a tinha visto e como se fazia, mas felizmente encontrei um vídeo com a receita no youtube.



Ingredientes:

Massa Filo (usei marca continente, e só usei um pacotinho)
Frutos vermelhos q.b (usei congelados +/- 250 gr)
Sumo de 1 limão
Raspas de limão q.b
100 gr de manteiga
60 gr de açúcar 
2 ovos
1 gema
Açúcar em pó q.b

Faz-se assim:

Começa-se por fazer o curd, colocando o açúcar, os ovos (reservando a clara ), 30 gr manteiga, o sumo e as raspas do limão numa caçarola e leva-se ao lume médio sem deixar de mexer e até a mistura ferver e engrossar. Retire a mistura do lume e passe-a por um passador de rede para retirar as raspas do limão, colocando-o imediatamente no frigorífico a repousar. Passamos então a trabalhar a massa filo, que deve ser dobrada a meio e pincelada com a clara do ovo que reservamos, colocando-se depois uma nova camada de massa, com um cortador recortam-se 6 círculos de massa e polvilha-se um prato com açúcar em pó, colocando as rodelas de massa em cima e voltando a polvilhar. Leva-se uma sertã ao lume com a restante manteiga e quando estiver bem quente colocam-se as rodelas de massa e deixa-se ganhar cor dos dois lados, retira-se do lume e deixa-se escorrer.
Para os frutos vermelhos, coloquei uma sertã ao lume com um pouco de açúcar e deixei por dois minutos para descongelar. 
A montagem do prato é simples, coloca-se um pouco de curd de limão no fundo do parto para fixar, coloca-se uma rodela de massa, um pouco de curd e os frutos vermelhos, volta-se a repetir até terminar com a massa polvilhando depois com açúcar em pó e com o sumo que os frutos vermelhos libertaram.





Espero que gostem, bom apetite!

sexta-feira, 8 de junho de 2012

Fusilli com delicias e legumes

Num feriado com o sol o que mais apetece é refeições rápidas para podermos aproveitar o bom tempo e passear um pouco. Assim o almoço de ontem foi uma massa com delícias do mar e legumes que já estavam perdidos no frigorífico.


 

Ingredientes:

10 delícias do mar
1/2 Couve coração
300 gr de massa fussili
1/2 cebola
Azeite q.b
Sal q.b
Pimenta q.b

Faz-se assim:

Começa-se por cozer a massa em água a ferver com um pouco de sal e azeite, normalmente demora 7 a 10 minutos. Corta-se os legumes em tiras fininhas e as delícias em cubos. Reserva-se. Entretanto pica-se a cebola e coloca-se numa frigideira com um pouco de azeite junta-se as delicias, assim que começarem a ganhar cor, juntam-se os legumes, rectificam-se os temperos e a refeição está pronta.


Espero que gostem, bom apetite!

terça-feira, 5 de junho de 2012

Bolo de café com chocolate

Num domingo preguiçoso e chuvoso a vontade de comer algo docinho acompanhado com uma chávena de café para o lanche obrigou-me a arrastar-me do sofá para a cozinha. Sem receita e sem ideia do que fazer foi abrir armários e ver o que havia, como a vontade era aliar o doce ao café, surgiu então um bolo de café. Ouvi da sala a seguinte pergunta: 
- "É bolo de chocolate?"
-"Não é de café!" respondo eu, torna a mesma vozinha -"Mas não vai ter mesmo chocolate?" - "Não, vai ser de café, apetece-me"
-"Mas não podes por chocolate algures?" 
- "Tá bem, eu faço cobertura" 

E saiu assim um bolo de café feito em 30 minutos que agradou a todos, tinha chocolate, café e era docinho!
 



  


Ingredientes:
2 Ch. de farinha 
1 Ch. de açúcar
 3 ovos
1 Ch. de café
1/2 Ch. de óleo

Cobertura
100 gr de chocolate (meia barra)
20 gr de manteiga
5 Clh. sopa de leite



Faz-se assim:

Mistura-se os ovos com o açúcar e bate-se bem ate obter uma cor esbranquiçada, junta-se aos poucos a farinha e continua-se a mexer até a massa ficar homogénea. Tira-se uma chávena de café da máquina e juntamente com o óleo envolve-se à massa. Leva-se ao forno por 20 minutos a 200ºC, numa forma previamente untada com manteiga e polvilhada com farinha. Verifique a cozedura com a ajuda de um palito e depois de pronto retire do forno e deixe arrefecer. Para preparar a cobertura derreta no microondas o chocolate com a manteiga e o leite, misture bem e espalhe depois em cima do bolo a gosto.


Espero que gostem, bom apetite


sexta-feira, 1 de junho de 2012

Bacalhau com broa e bacon




Com o fim de semana  à porta é altura de começar a pensar que refeição mais demorada se poderá fazer, domingo passado fiz um bacalhau com broa com batatas à murro. Adoro este prato, é daquelas coisas que como, como, como e só quando a travessa fica vazia é que paro. Usualmente faz-se com as postas de bacalhau inteiras, mas eu prefiro desfiá-lo e misturar com a broa. A inovação desta vez, foi colocar bacon juntamente ao bacalhau e a broa. Deu uma refeição divinal,  foi um bom mote para passar toda a tarde no sofá.


 
 

Ingredientes:

3 postas de bacalhau (ou 1 embalagem já desfiado)
200 gr de bacon
1/2 broa de milho
1/2 cebola
10 batatinhas para assar (depende do número de pessoas)
Azeite q.b
Sal q.b    
Pimenta q.b

Faz-se assim:

O ponto de partida é cozer o bacalhau com um pouco de sal e as batatas (preguiçosa como sou, aproveitei a água de cozedura do bacalhau para as batatas) , esta tarefa demora +/- 10 minutos. Entretanto deve-se retirar todo o miolo da broa e dividir em duas metades, numa metade junta-se um pouco de azeite e reserva-se. Depois de o bacalhau estar cozido desfia-se e começa-se a preparar o refogado picando-se a cebola em cubinhos bem finos e colocando-se num tacho com um pouco de azeite, quando esta começar a alourar junta-se o bacon e deixa-se refogar até este ganhar um pouco de cor. Junta-se o bacalhau e a metade da broa com azeite que se reservou e mexe-se bem, colocam-se os temperos e retifica-se o azeite.
Numa assadeira coloca-se o preparado de bacalhau e às batatinhas cozidas -se um pequeno "murro" (uso um esmagador de batatas para não me queimar) e colocam-se em redor do bacalhau, cobre-se o bacalhau com o miolo de broa que se reservou e rega-se com um fio de azeite. Vai ao forno quente a 20C até por 15 a 20 minutos.


Espero que gostem, bom apetite!!

terça-feira, 29 de maio de 2012

Torta de chocolate com chantilly

Depois de uma longa ausência em que a vontade de cozinhar não abundava regresso com uma torta deliciosa.
Encontrei-a sem querer numa página no facebook e como ira ter um jantar, achei que seria uma boa opção. Foi a primeira torta que fiz e fiquei muito contente por a ter conseguido enrolar sem partir completamente. O resultado é um bolo de chocolate húmido com um delicioso chantilly.




Ingredientes : 

200g de açúcar
175g de farinha
7 ovos
3 colheres (sopa) de chocolate em pó
3 colheres (sopa) de açúcar em pó

3 dl de natas (usei 2dl e ainda sobrou bastante) 
Margarina para untar
Açúcar para polvilhar
Papel vegetal


Faz-se assim:

Separe as gemas das claras e bata-as em castelo firme, junta-se depois as gemas e o açúcar e bate-se bem.  Peneira-se a farinha e mistura-se com o chocolate em pó ao preparado anterior.
Verte-se para um tabuleiro, previamente untado com margarina e forrado com papel vegetal (não tinha um tabuleiro tão grande, usei o próprio tabuleiro do forno) e leva-se a cozer por 20 minutos a 180ºc, convém verificar se esta totalmente cozido. 
Desenforma-se o bolo num pano polvilhado com açúcar e deixa-se arrefecer.
Bata as natas com o açúcar em pó, espalhe em cima da torta e com a ajuda do pano comece a enrolar e apertar ligeiramente. Retire o pano e decore a gosto.


Espero que gostem, bom apetite!!!
 

quinta-feira, 10 de maio de 2012

Arepas

Regressada de férias e com muiiiiita preguiça, cozinhar não era coisa que me apetecia, por isso a opção de fazer arepas pareceu-me ser a mais prática e rápida. As arepas são um prato tipicamente Venezuelano feito com farinha de milho. Aprendemos a fazê-lo, pois a família do chef cá de casa viveu lá uns tempos e daí que não existe melhor jantar para uma noite de futebol. Os recheios para esta iguaria pode ser qualquer coisa que se tenha disponível, queijo, manteiga, fiambre, etc... neste jantar optei por uma carne picada (que tinha sobrado de outra refeição) e por uns pedacinhos de bacon salteados.




Ingredientes:

2 ch. de farinha P.A.M.
2 ch de água
Sal
óleo q.b


Faz-se assim:

Mistura-se a farinha com a água e o sal até se obter uma massa maleável. Molham-se os dedos com água e formam-se pequenas bolas que depois se achatam. Coloca-se uma frigideira ao lume com óleo e quando este estiver bem quente fritam-se as arepas até ganharem uma cor dourada. Depois é retirar, escorrer e rechear com o que lhe apetecer.

Uma opção mais saudável é colocar as arepas ao forno a 200ºc por 8 minutos, virando a meio da cozedura para dourar de ambos os lados.






Espero que gostem, bom apetite!





sexta-feira, 20 de abril de 2012

Salada de cogumelos e tomate cherry

Numa onda da dieta e já na reta final e a entrar de férias, resolvi postar aqui uma das últimas refeições saudáveis que comi. A partir de agora venham as francesinhas, o arroz de tomate com faneca frita, as bifanas no pão etc... entre outra iguaria do Norte.





Ingredientes:

1 Alface
200 gr de tomate chery (1 embalagem)
200 gr de cogumelos fresco
1 dente de alho
1/2 cebola
Sal q.b
Oregãos q.b
Azeite q.b
1/2 Limão q.b
cubinhos de queijo para decorar

Faz-se assim:

Lava-se a alface e prepara-se (eu gosto de a partir bem fininha), corta-se o tomate a meio e a cebola em meias luas. Leva-se uma sertã ao lume com o azeite e alho picado, juntando-se os cogumelos partidos em 4 (ou a gosto) quando a sertã estiver quente. Salteia-se os cogumelos até ganharem uma cor acastanhada, coloca-se sal grosso e os oregãos. Para montar a salada juntam-se todos os ingredientes numa saladeira, coloca-se o queijo e tempera-se a gosto com o azeite e o sumo de meio limão.


Espero que gostem, bom apetite!!

terça-feira, 17 de abril de 2012

Salteado de brócolos e grão

Desde o dia 22 de Fevereiro que andamos numa dieta rigorosa lá em casa, isto por duas razões, a primeira porque vamos de férias e queremos ir "magrinhos" para engordar tudo em casa, a segunda por uma brincadeira com um amigo para ver quem perdia mais peso (ganhou o chef cá de casa, que perdeu 9 kilos). Esta brincadeira levou-me a um esforço extra para não utilizar nem massa, nem arroz, nem batata, nas refeições, basicamente andamos a saladas. Já me posso considerar grilo e doutorada em saladas, e como as férias estão aí a porta (sexta-feira) a minha ansiedade aumenta e a vontade de comer saladas é nenhuma. Daí optei por fazer estes brócolos com grão, que não tem nada de mais, mas sempre deixamos a alface descansar um bocadinho.





Ingredientes:

1 Brócolo
Meia lata de grão-de-bico
Tiras de pimento q.b
Meia cebola
Oregãos q.b
Sal q.b

Faz-se assim:

Arranja-se o brócolo e coloca-se a cozer com sal. Entretanto corta-se a cebola em meias luas e os pimentos em rectângulos. Depois do brócolo cozido coloca-se a cebola numa sertã com azeite e deixa-se ficar translucida, coloca-se o pimento, o brócolo e o grão de bico. Tempera-se com especiarias e está pronto a servir.


Espero que gostem, bom apetite!



domingo, 15 de abril de 2012

Strudel de maçã num desafio

Aceitei o "desafio uma receita para ti" do blog Arco-íris na cozinha, pois achei uma óptima iniciativa testar várias receitas que todos temos guardadas algures com uma pequena nota "para fazer". A receita que me saiu é bastante saborosa e simples de se fazer - Strudel de Maçã. Quando vi a receita pensei: "não gosto nada de coisas com maçã, mas vamos lá experimentar". Numa primeira tentativa não consegui enrolar a massa de forma a formar o rolo como é pedido na receita, ficou achatado. Numa segunda tentativa aconteceu a mesma coisa, a massa com o recheio de maçã dentro foi complicada para enrolar. Utilizei as maçãs que mais gosto (fuji) e libertou muito sumo, o que fez com que a massa ficasse mais mole. Mas o resultado é uma sobremesa que se come facilmente, e quentinha sabe muito bem.





Ingredientes:

1 chávena de chá de farinha de trigo com fermento (utilizei 2)
1 ch. chá de farinha de soja (não utilizei)
2 c. (sopa) de açúcar amarelo
2 c. (sopa) de óleo
2 c. (sopa) de manteiga
10 c. (sopa) de sumo de maçã
geleia para pincelar
Amêndoa palitada q.b
Canela em pó q.b
4 maçãs golden (na 1ª tentativa usei reineta, na 2ª fuji)
raspa de limão


Faz-se assim:

Para a massa, misture as farinhas com o açúcar, a manteiga derretida e o óleo. Envolva bem, juntando aos poucos o sumo de maçã até formar uma bola de massa fofa. Tenda-a em forma de rectângulo na bancada enfarinhada e reserve. Para o recheio lave as maçãs e rale-as com casca sobre o rectângulo de massa. polvilhe com canela, raspa de limão e algumas amêndoas. Enrole as pontas da massa até formar um rolo, pincele com geleia e polvilhe com amêndoa e canela. Leve ao forno a 200º C por 20 minutos, ou até dourar. Retire e deixe arrefecer, sirva polvilhada com canela.

Espero que gostem, bom apetite!

sexta-feira, 13 de abril de 2012

Um Pão-de-ló de Ovar e uma Páscoa atrasada

Dizem que o Natal é sempre que um homem quiser, e a minha Páscoa online vem atrasada, por isso também será quando um homem quiser :). No mês de Março inscrevi-me para participar no desafio de Páscoa lançado pela Telma Correia do Blog Doces, Salgados & Cia, que consistia no envio de umas pequenas  lembranças de Páscoa, enviei as minhas lembranças para a Coisas da Go e recebi também dela três lindas coisinhas : um doce de pera e chocolate com umas tostinhas (que foram muito apreciados no meu local de trabalho), uma colher (igualizinha a que era minha em criança e neste momento é da minha sobrinha) e umas velinhas em casca de ovo que cheiram muito bem :). Adorei as minhas lembranças e espero que para o ano haja mais um desafio assim.

Prendinhas Coisas da Go

Quanto ao Pão-de-ló já o tinha feito por altura do natal, ainda a medo porque me diziam que era muito complicado, mas achei a coisa mais simples do mundo, e para a Páscoa fiz logo três em tamanho normal e três em pequenas caixinhas para oferecer. A receita veio do site Sabor Intenso, alterei foi a quantidade de ovos para uma das formas maiores, mas o meu problema foram as fotografias, só tenho uma fotografia da massa na forma pronta para ir ao forno, depois com a azafama propicia lá de casa, esqueci-me de fotografar o pão-de-lo já feito, mas digo que ficou com  muito bom aspeto e igual ao da imagem do site Sabor Intenso.


Pão-de-ló antes de ir ao forno




Ingredientes:

12 gemas
2 ovos
50 gr de açúcar 
130 gr de farinha peneirada



Faz-se assim:


Pré-aquecer o forno a 220ºc. Começa-se por separar as gemas das claras (aproveitei para congelar as claras), junta-se os ovos e o açúcar e bate-se com uma batedeira durante 15 minutos, o segredo aqui é que as gemas dupliquem de tamanho. Após isto envolve-se a farinha, muito delicadamente para não retirar todo o ar aos ovos, têm de se ter em atenção para não deixar grumos .
Verte-se a massa numa forma, previamente untada com manteiga e forrada com papel vegetal e leva-se ao forno a 220º e deixa-se cozer por 10 minutos (eu deixei 12 no meu forno). Retire do forno e deixe repousar na forma aproximadamente 4 horas e retire o pão-de-ló da forma, mas mantendo papel vegetal.

Espero que gostem, bom apetite!

terça-feira, 10 de abril de 2012

Medalhões de pescada estufada com cogumelos

Quando se chega a casa tarde e  nos lembramos que não temos nada preparado para fazer o jantar a solução é recorrer àquilo que está congelado, que se cozinha rápido e que fica com sabor. Este prato é o exemplo disso, em termos de tempo é muito rápido de se fazer, não implica muitos ingredientes e é sempre uma maneira diferente de se comer pescada.




Ingredientes: 

4 medalhões de pescada
300 gr de cogumelos
1/2 pimento vermelho
1/2 cebola
1 dente de alho
200 ml de vinho branco
4 colheres de polpa de tomate
4 delicias do mar
coentros q,b
sal q.b
pimenta q.b
azeite q.b


Faz-se assim:

Parte-se a cebola em fatias finas e pica-se o alho, leva-se ao lume com azeite até começar a ganhar alguma cor. Coloca-se de seguida o peixe, o pimento, o vinho a polpa de tomate, os coentros e os temperos, deixa-se cozinhar por 15 minutos, colocam-se as delicias do mar e rectificam-se os temperos, deixa-se ferver e se necessário juntar um pouco de água para criar um pouco de molho. Reservar.
Entretanto laminam-se os cogumelos em fatias grossas e leva-se numa sertã ao lume com um pouco de azeite, quando os cogumelos começarem a libertar água desliga-se e coloca-se um pouco de sal. 
Para montar o prato coloca-se o peixe e todo o seu molho no fundo de uma taça e cobre-se com os cogumelos.







Espero que gostem, bom apetite!!

terça-feira, 3 de abril de 2012

Risoto de amêijoas

Eu adoro arroz, por mim comia arroz a todas as refeições, só ainda não o consigo cozinhar assim na perfeição como a minha mãe ou a minha avó, mas vou fazendo. E quando descobri o que era risoto e como se fazia, foi uma maravilha, e nada melhor fazê-lo para aproveitar umas sobras de amêijoa (Amêijoas à bulhão pato), decidi fazer então um risoto.




Ingredientes:

Caldo de galinha
1 ch. de arroz arbóreo
1/2 copo de vinho branco
1 cebola pequena
Manteiga q.b
Pimenta q.b
Coentros (para enfeitar)
250 gr de miolo de amêijoas


Faz-se assim:

Coloca-se o caldo de galinha ao lume (+/- 1 litro) e deixa-se levantar fervura, este tem de estar sempre bem quente para quando se juntar ao arroz.
Pique a cebola e coloque-a numa frigideira com um pouco de manteiga. Assim que começar a ficar translucida acrescente o arroz e deixe fritar um pouco, junte o vinho e como preferir mexa com uma colher de pau ou agite a sertã para o arroz com o liquido. Logo que o vinho evapores, junte uma concha de sopa de caldo e mexa para envolver. O processo é sempre este, depois de uma concha ter evaporado, junte outra até o arroz estar cozido mas com um pouco de resistência. Acrescente as amêijoas e envolva bem, no final acrescente um pouco de manteiga e deixe-a derreter sobre o arroz.


Espero que gostem, bom apetite







Tarte de magia negra

Para mim uma sobremesa com chocolate é perdição, mal vi a foto desta tarte decidi que a iria fazer tal e qual mandava a receita, mas isso não aconteceu já que a minha preguiça foi mais forte e levou-me a alterar a base da tarte. A maneira mais fácil de a descrever é uma mousse de chocolate em forma de tarte, mais consistente, com uma forma diferente, e deliciosamente saborosa.

Fonte: Maxime Clark, Chocolate: delícias para amantes de chocolate; p. 62-63






Ingredientes:

1 pacote de bolacha maria choc
125 gr de manteiga
400 gr de chocolate preto
125 gr de manteiga
5 ovos
125 gr de açúcar amarelo refinado
150 ml de natas
3 colheres (sopa) de vinho do porto ou rum
Açúcar em pó, para enfeitar




Faz-se assim:

Pré-aquecer o forno a 180º c. Forra-se um tarteira com papel vegetal. Para a base da tarte tritura-se a bolacha maria e mistura-se com a manteiga derretida, mexe-se bem até obter uma mistura uniforme. Coloca-se a mistura na tarteira e vai ao forno por 10 minutos. Comece a fazer o recheio,  derreta o chocolate juntamente com a manteiga e com as natas, como se fosse um ganache. Separe as gemas das claras. Misture as gemas com o açúcar e bata com uma batedeira até obter um creme esbranquiçado. Deite o creme e o vinho do porto na mistura de chocolate derretido e misture rapidamente. Bata as claras em castelo e envolva na mistura as, coloque este preparado por cima da bolacha e leve ao forno durante 20-25  até ficar em balão e um pouco mole no centro. Retire do forno e deixe arrefecer, decore polvilhando com o açúcar em pó e sirva à temperatura ambiente.




Espero que gostem, bom apetite!!


terça-feira, 27 de março de 2012

Amêijoas à bulhão pato

É um prato simples de se confeccionar, bastante típico da gastronomia portuguesa e que certamente toda a gente já provou, eu nunca o tinha provado até à passagem de ano em que alguém o fez para entrada e devo dizer que não gostei nada, achei-o sem sabor. Decidida a mudar a minha opinião acerca desta entrada que toda a gente gosta, pesquisei bastante sobre ela e decidi fazer. Adorei o resultado, apesar de ter modificado um pouco a receita, não encontrei malagueta no supermercado e não tinha vinho branco.









Ingredientes:

1 kilo de amêijoa vietnamita (deve-se usar portuguesa)
50 ml de cerveja
1 molho de coentros
2 dentes de alho
1 malagueta ou massa malagueta
sal q.b
1/2 limão


Faz-se assim:

Pique os dentes de alho e coloque num tacho com azeite, quando este aquecer junte as amêijoas, os coentros picados e a cerveja. Abane o tacho para mexer e coloque depois a massa malagueta e o sal. Tape e deixe cozinhar por 15 minutos, agite o tacho de vez em quando e quando todas as amêijoas estiverem abertas, está pronto.
Sirva polvilhado com coentros picados e regue com sumo de limão.












Espero que gostem, bom apetite!





sexta-feira, 23 de março de 2012

Tosta de Carne e Cogumelos Martha Stewart

Inspirada numas receitas de "Pequeno-almoço ao jantar" publicadas no facebook da Martha Stewart, que mostrava uma série de sandes que poderiam servir tanto para um pequeno-almoço como para um jantar de um Norte Americano e querendo aproveitar sobras de uma carne assada que andava lá por casa, o resultado foi  rápido e guloso. A tosta é fácil de montar e serve perfeitamente para um jantar preguiçoso no sofá enquanto se vê um filme ou uma série.








Ingredientes:

4 fatias de pão alentejano
Sobras de carne assada
200 gr de cogumelos frescos ou 1 lata de cogumelos
2 ovos
1 dente de alho
Azeite q.b
2 fatias de fiambre
2 fatias de queijo
Oregão q.b
Sal q.b


Faz-se assim:

Liga-se o forno a 200ºC e coloca-se as 4 fatias de pão durante 15m. Entretanto prepara-se os cogumelos, numa sertã coloca-se 1 colher de sopa de azeite, quando este estiver quente coloca-se os cogumelos laminados, o sal e os oregãos, deixe saltear até os cogumelos estarem cozinhados. Retire o pão do forno e com o alho cortado a meio passe-o sobre as 4 fatias de pão, coloque um pouco de azeite e reserve. Estrele os ovos (eu aproveitei a sertã dos cogumelos e coloquei mais um pouco de azeite). Aqueça a carne no microondas. Comece então a montar a sande, coloque uma fatia de queijo, seguida de uma de fiambre, coloque a carne em cima, os cogumelos, coloque a outra fatia de pão, o ovo em cima e decorre com  alguns cogumelos



Espero que gostem, bom apetite!